PENNE NO VINHO TINTO

IMG_7864-Edit

Eu adoro quando me deparo com uma receita na internet e descubro que já tenho todos aqueles ingredientes em casa. É como se estivesse lendo lá na descrição da receita “Modo de preparo: Imediato”.

Então considere esta a primeira receita “modo de preparo imediato” do blog. Tenho certeza que você vai poder prepará-la esta noite quando chegar na sua casa. Eu nem vou passar as quantidades de cada ingrediente, esta aqui é daquelas que se adaptam ao que cada um tiver na geladeira. Os dois únicos elementos indispensáveis são o vinho e o macarrão. Aliás, você vai cozinhar o macarrão numa panela cheia de vinho.

Di-ver-são.

Recomendo escolher um macarrão daqueles curtinhos, como o penne ou o fusilli. É bom usar esse tipo de massa quando o molho tem legumes em pedacinhos, porque assim eles não escorregam pelo garfo como no espaguete ou fettuccini. Se você quiser manter a receita vegana, escolha uma massa sem ovos. Hoje existem várias opções nas prateleiras dos supermercados. Desta vez usei um penne de arroz, que eu adoro!

O meu conhecimento sobre vinhos é bastante limitado. Beira o nulo. Eu só compro vinho para usar em receitas, e dessa vez usei um Cabernet Sauvignon. Se você estiver se remexendo de agonia na cadeira por causa da minha escolha e quiser me sugerir uma opção melhor, vou adorar! Escreva nos comentários aqui abaixo e eu vou seguir a sua sugestão! Depois eu conto como ficou.

Aqui em casa já testei várias combinações para acompanhar este macarrão. Cada vez ele sai um pouco diferente, dependendo do que tivermos comprado na feira naquela semana. Já fiz com cogumelos, com pimentão, com alho poró. Dessa vez escolhi brócolis e azeitonas, que para mim casam super bem. Além do mais, olha essas cores!! Gostoso e fotogênico.

IMG_7861

Então, você vai precisar de: 2 ingredientes principais, verduras e legumes à sua escolha, fogão, panela, sua criatividade.

Vamos à receita: cozinhe o macarrão em água fervente salgada por 2 a 3 minutos. Retire toda a água e cozinhe no vinho fervente até o ponto ideal de cozimento. Enquanto isso, prepare o complemento que você tiver escolhido. Eu refoguei o brócolis no azeite de oliva com cebola, sal e pimenta do reino. Acrescentei a azeitona depois de desligar o fogo. Se quiser, aproveite o vinho reduzido do cozimento para fazer um molho rápido. Sirva!

Penne no vinho tinto

Faz lá e me conta o que você escolheu para acompanhar seu macarrão!

Um comentário sobre “PENNE NO VINHO TINTO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s