QUINOA CROCANTE

Nesta receita a quinoa se combina com o sabor defumado da páprica e a crocância das castanhas em um resultado que agrada todos os sentidos.

quinoa-crocante-7Em novembro do ano passado nós nos mudamos de apartamento. Estamos morando entre os grilos e os bem-te-vis… e sem internet! Um dia vai ter cabeamento, é o que nos prometem as principais operadoras de internet da cidade, mas enquanto isso, nossa casa voltou a ser analógica, como nos tempos da minha infância.

O que acontece em uma casa analógica, acabei relembrando, é que a fonte principal de informação são seus livros. Tipo Enciclopédia Barsa, sabe como é? Tipo revista impressa. Tipo os meus livros de receitas. Aquilo que eu me programava para fazer há uns 3 anos, que era mergulhar nos ingredientes, estudar os modos de preparo, descobrir novos sabores, agora eu encontro tempo pra fazer. Tempo, esse danadinho.

Então estou cheia de novos conhecimentos sobre o cozinhar, a cozinha, os ingredientes, as panelas. Está sendo uma delícia. E foi de uma leitura que eu fiz sobre temperos que eu tirei a vontade de criar esta receita.quinoa-crocante-6A ideia desta quinoa crocante – delícia e cheia de sabor – foi inspirada em uma das minhas receitas favoritas da Kim, co-fundadora do Brownble. Ela teve a brilhante ideia de trazer a crocância para o prato com algumas sementes e castanhas, e eu amei. Afinal, comer é uma mistura de sabor, textura, cheiro, cor. Coisa de artista!

Eu acabei complementando a ideia dela com os outros ingredientes e com o temperinho mágico baseado na páprica defumada, minha mais recente descoberta gastronômica. A quantidade de páprica vai depender do seu gosto e eu já aviso que uma colherada a mais pode arruinar toda a experiência deste prato. Então vai aos poucos até achar a sua medida.quinoa-crocantequinoa-crocante-2Esta é mais uma dessas receitas que você prepara rapidinho e preenche com o que tiver na geladeira. Couve-flor, pimentões picadinhos, cenoura ralada, espinafre combinam super bem. A castanha de caju pode, facilmente, ser substituída por nozes, amêndoas, castanha do Brasil, pistache. Hmmm!!quinoa-crocante-3quinoa-crocante-4Para aqueles que se alimentam apenas de vegetais, como yo, esta quinoa crocante é fonte de bastante proteína, e não pesa no estômago depois. Aqui em casa eu tenho feito esta receita pela menos uma vez por semana para o jantar. A barriga fica feliz e o sono agradece.

E se você conseguir deixar sobrar alguma coisa na panela, esquenta de novo no dia seguinte bem rapidinho (para não queimar) em uma frigideira e você vai ver que ela fica mais saborosa e ainda mais crocante.quinoa-crocante-5Para mim essa quinoa virou sinônimo dos fins de tarde mais lentos e silenciosos que estamos vivendo na casa nova. Quando o tal cabeamento estiver pronto, não vamos resistir a instalar o saudoso wi-fi, mas essa vida analógica eu espero conseguir manter, apesar da tentação digital.

QUINOA CROCANTE

  • Porções: 2-4
  • Tempo: 20min (sem contar o tempo de cozimento da quinoa)
  • Dificuldade: fácil
  • Imprimir

INGREDIENTES

  • 2 xic de quinoa cozida com sal
  • 1/2 cebola picada
  • 1 xic. brócolis muito bem picadinhos
  • 1 1/2 xic. de cogumelos paris fatiados
  • 1/3 xic. de castanhas de caju picadas
  • 1/4 xic. de sementes de girassol
  • 1 cS + 1cC de azeite de oliva
  • 1 cS shoyu Daimaru ou tamari
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 1/2 a 1 cC páprica defumada
  • salsinha e cebolinha para servir

MODO DE PREPARO 

  1. Corte, pique e fatie os ingredientes.
  2. Aqueça uma frigideira grande e coloque 1 colher de sopa de azeite de oliva. Acrescente a cebola, uma pitada de sal e refogue em fogo médio até a cebola começar a ficar translúcida. Adicione as castanhas picadas e a semente de girassol e frite até dourar (2 a 4 minutos). Adicione o brócolis picado e refogue por mais 1 a 3 minutos, até que a cor do brócolis fique verde brilhante. Desligue o fogo e deixe repousar.
  3. Em outra frigideira menor, aqueça 1 colher de chá de azeite de oliva e refogue os cogumelos picados com 1 colher de sopa de shoyu até dourar dois dos lados.
  4. Transfira os cogumelos refogados para a frigideira maior contendo as castanhas e o brócolis, acrescente as 2 xícaras de quinoa e acenda o fogo. Refogue tudo em fogo médio a baixo, misturando tudo até aquecer a quinoa. Se a quinoa já estiver quente, misture os ingredientes sem ligar o fogo.
  5. Acerte o sal e a pimenta e acrescente a páprica defumada, começando com 1/2 cC e colocando mais 1/2 (se for o caso) até chegar na medida certa para o seu paladar.
  6. Complete com salsinha e cebolinha e sirva quente acompanhado de saladas ou sozinho.
  7. Fica uma delícia salpicado com parmesão vegano.

LEGENDA

cS = colher de sopa            cC = colher de chá

OBSERVAÇÕES

» Guarde na geladeira em recipiente fechado por até 5 dias. Para aquecer, coloque em uma frigideira e refogue por alguns minutos para recuperar a crocância das castanhas.
» Inspirada em receita do Brownble.

“PARMESÃO” VEGANO

Esta alternativa ao parmesão de queijo é DELICIOSA, salgadinha, nutritiva e super versátil. Além do mais, não inflama seu organismo e fica pronta em 5 MINUTOS!

parmesao-vegano-6

Vou começar esclarecendo o nome da receita, tá? “Se não é queijo, não é parmesão!” Eu ouço essa piada o-tem-po-to-do! Mas vá lá, a gente já tem uma referência chamada parmesão que explica super bem pra quê serve e o quê pretende ser esta receita, entende? Fica mais fácil do que dizer Pozinho Amarelo Para Jogar Em Cima Do Macarrão. Então o nome é esse mesmo, parmesão vegano. Combinado?

Continuar lendo

BOLOTINHAS DE CRANBERRIES, CACAU E CASTANHA DE CAJU

Bolotinhas de Cranberries, Cacau e Castanha de Caju :: Mais bolotinhas para chamar de suas! Estas são azedinhas com um toque achocolatado, uma MISTURA DE SABORES dentro da sua boca.

bolotas-de-cranbrerries-cacau-e-castanha-de-caju-15

O Minha Cozinha está fazendo aniversário! Hoje faz exatamente 1 ano que eu publiquei o primeiro post aqui no blog, esta receita de bolotas de amêndoas e coco. Achei que o melhor jeito de comemorar seria… com outra bolotinha!

Continuar lendo

PEQUENO GUIA VEGANO DE NOVA YORK

Pequeno Guia Vegano de NYC

Pequeno Guia Vegano de NYC

O Fábio leu em algum lugar que se você jantasse em um restaurante diferente por dia em NY, não seria possível conhecer todos antes de morrer. Tipo. Assim.

Aí eu fiquei pensando que para conhecer todos os restaurantes vegan/vegê talvez 1 ano seja suficiente. 365 dias, vai? Do ano passado para cá, por exemplo, 2 dos restaurantes que a gente gostava de frequentar saíram da nossa lista, um porque fechou e outro porque caiu MUITO em qualidade.

Continuar lendo

TORRADA COM AVOCADO

Torrada com avocado - Quando eu decidi parar de comer manteiga, precisei achar alguma coisa a altura do bom e velho pãozinho com manteiga para substituir meu prato preferido de café da manhã. Um belo dia estávamos lá em Washington quando eu resolvi experimentar a torrada de avocado do Le Pain Quotidien. Foi amor à primeira mordida. Aquele sabor meio amanteigado-salgado-azedinho-crocante. Hmmm! Bom demais! Virou meu pão com manteiga, pronto! :: minhacozinhavirouumjardim.com.br

torrada-com-abacate-4

Quando eu decidi parar de comer manteiga, precisei achar alguma coisa a altura do bom e velho pãozinho com manteiga para substituir meu prato preferido de café da manhã. O bom é que, nessas buscas, acabei abrindo meus horizontes para outras opções de comidinhas matinais, como o mingau, a vitamina e a tapioca, que eu adoro! Mas meu sangue italiano é fooorte e eu confesso que sentia falta de algo bem gostoso e salgado para passar no pão!

Continuar lendo

BOLINHOS DE ARROZ COM PEGADA ITALIANA

Bolinhos de arroz com pegada italiana - Eu só fui gostar de arroz depois de adulta. Na minha infância o sangue italiano falava mais alto, e eu curtia mesmo era uma boa macarronada! Minha mãe, ao contrário, adorava arroz! Hoje em dia eu a-do-ro um prato de arroz bem temperadinho, mas meu coração continua batendo mais forte por uma boa pasta. Estes bolinhos são uma combinação do melhor dos dois mundos: arroz com temperinho italiano. :: minhacozinhavirouumjardim.com.br

leite de coco caseiro-7

Eu só fui gostar de arroz depois de adulta. Na minha infância o sangue italiano falava mais alto, e eu curtia mesmo era uma boa macarronada! Minha mãe, ao contrário, adorava arroz!  Hoje em dia eu a-do-ro um prato de arroz bem temperadinho, mas meu coração continua batendo mais forte por uma boa pasta. Estes bolinhos são uma combinação do melhor dos dois mundos: arroz com temperinho italiano.

Continuar lendo

NOVO SITE NO AR!!

Queridos leitores e leitoras,

O Minha Cozinha Virou Um Jardim passou por uma reestruturação e se separou em dois. Sabem aqueles dois temas bem diferentes – receitas e autoconhecimento – sobre os quais eu venho escrevendo durante esses quase 12 meses? Pois é, agora cada um tem a sua casa!

Agora este espaço só mostra as receitas veganas fáceis e deliciosas de sempre, e um novo site, chamado Verena Kacinskis, ficou com todos os textos antigos que vocês já conhecem e adoram, e com conteúdos e projetos novos sobre saúde, comportamento, relacionamentos e autoconhecimento.

Continuar lendo